Punk




O punk rock brasileiro nasceu como uma crítica ao regime militar brasileiro, implantado pelo golpe de 64, devido, principalmente à censura e à violenta repressão aplicadas pelo governo. Muitas canções da primeira geração do punk rock brasileiro são considerados, até atualmente, hinos de crítica ao governo.
As origens do punk no Brasil surgiram das ideias de muitos jovens que viviam no final da década de 1970, o precursor foi o guitarrista Douglas Viscaino que teve as ideias pioneiras e junto com Clemente Tadeu construíram uma banda inspirada em bandas como MC5, The Stooges e Sex Pistols: A Restos de Nada. Assim, a banda surgida em meados de 1978 foi adquirindo sua forma punk. A partir daí, muitos outros grupos foram se formando, criando bandas no mesmo modelo e então formaram o movimento punk. As bandas faziam músicas em formato de discurso, que faziam críticas ao governo e a sociedade. Apesar da Restos de Nada ter sido a precursora do punk brasileiro, só foi gravar seu primeiro álbum em 1987.
O primeiro álbum de punk rock brasileiro foi o Grito Suburbano, compilação DIY com Inocentes, Olho Seco e Cólera. Em 1982 o primeiro grande evento, O Começo do Fim do Mundo, surgiu como o marco inicial do punk rock brasileiro, com 20 bandas da cidade de São Paulo e do ABC paulista. A apresentação terminou em um confronto com a polícia.
Houve também o surgimento de importantes bandas de punk rock em Brasília, como Detrito Federal e Aborto Elétrico, e no Rio Grande do Sul, como Os Replicantes.
No final da década de 1980 e início da década de 1990, o punk rock brasileiro teve algumas baixas com bandas se separando, mudando de estilo, casas de shows sendo fechadas e estagnação criativa.
E em meados dos anos 90, o punk rock volta à cena brasileira divulgando seu estilo pela internet, despertando interesse em gravadoras por novas bandas de rock.
Começaria então a era do hardcore melódico no Brasil, com nomes como Dead Fish e Garage Fuzz encabeçando a lista das dezenas de bandas que apareceram deste estilo que sugiram nos anos 90. Vendo a chance de voltar à ativa, muitas bandas da primeira geração voltaram com tudo à cena. Não que essas bandas tenham parado, mas estavam meio que "de férias forçadas", afundadas no ostracismo. Foram os casos de nomes importantes como Inocentes, Cólera e Garotos Podres, que a partir do final dos anos 90 retomaram de vez suas atividades e tiveram um novo recomeço.
A partir da segunda metade da década de 1990, novas bandas de punk rock surgiram, resgatando o estilo original da década de 1970, e com uma cara nova para o punk brasileiro. Dentre essas bandas destacam-se nomes como Colisão Social, Autogestão, Herdeiros da Revolta, Fobia, Flicts, Menstruação Anarquica, todas formadas de 1995 para frente e juntamente com estas bandas outras bandas também se mantém firmes vindo dos anos 80 tais como DZK, Disritmia e SubExistencia.



Lobotomia - Nada é Como Parece


Lobotomia - Extinção


Okotô - Monstro


M.M.D.C. - Non Ducor Duco


365 - O Destino


365 / Cenas de Um Novo País


365 - 1987 - 2007


365 - 1987 - 1997


365 - Do Outro Lado do Rio


Detrito Federal - 1983


Kaos 64 - Nascemos Pra Protestar


Ratos de Porão - Onisciente Coletivo


Ratos de Porão - Ao Vivo no CBGB


Ratos de Porão - RDP Ao Vivo


Ratos de Porão - Brasil / Anarkophobia


Ratos de Porão - Brasil


Ratos de Porão - Anarkophobia


Ratos de Porão - Anarkophobia (Internacional)


Ratos de Porão - Cada Dia Mais Sujo e Agressivo


Ratos de Porão - Dirty And Agressive


Ratos de Porão - Crucificados Pelo Sistema


Ratos de Porão - Descanse em Paz


Ratos de Porão - Feijoada Acidente? (Brasil)


Ratos de Porão - Feijoada Acidente? (Internacional)


Ratos de Porão - Guerra Civil Canibal


Ratos de Porão - Homem Inimigo do Homem


Ratos de Porão - Just Another Crime


Mercenárias - Cadê As Armas?


Mercenárias - O Começo do Fim do Mundo


Ulster - Aperte o Gatilho


Ulster - Usterror


Não Religião - Ninguém Me Escuta


Lixomania - Não Obrigado


Lixomanoia - Violência e Sobrevivência


Restos de Nada - II


Restos de Nada


Inocentes - Sob o Controle


Inocentes - Subterrâneos


Inocentes - Pânico em S.P. / Adeus Carne


Inocentes - Pânico em S.P.


Inocentes - Adeus Carne


Inocentes


Inocentes - 2 é Demais


Inocentes - 20 Anos Ao Vivo


Inocentes - Embalado a Vácuo


Inocentes - Estilhaços


Inocentes - Garotos do Subúrbio


Inocentes - Labirinto


Inocentes - Miséria e Fome


Inocentes - O Barulho dos Inocentes


Inocentes - Ruas


Cólera - Primeiros Sintomas


Cólera - Verde Não Devaste


Cólera - 20 Anos Ao vivo


Cólera - Caos Mental Geral


Cólera - Deixe a Terra em Paz


Cólera - Mundo Mecânico, Mundo Eletrônico


Cólera - Pela Paz em Todo Mundo


Cólera - Tente Mudar o Amanhã


Garotos Podres - Mais Podres Do Que Nunca


Garotos Podres - Canções Para Ninar


Garotos Podres - Com a Corda Toda


Garotos Podres - Garotozil de Podrezepam


Garotos Podres - Live in Rio


Garotos Podres - Pior Que Antes


Garotos Podres - Rock de Suburbio



Garotos Podres e Albert Fish - Split CD


Vírus 27 - Parasitas Obrigatórios


Vírus 27 - Caso Sério!!!


Grinders - Digipack


Fogo Cruzado


Olho Seco / Fogo Cruzado / Brigada do Ódio



Nenhum comentário:

Postar um comentário